Carregando...

Notícias

06/03/2021

Setor atacadista e distribuidor é destaque em arrecadação de ICMS em 2020

O setor atacadista e distribuidor foi o setor que mais arrecadou o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no ano de 2020. É o que afirmam os dados divulgados recentemente por A Gazeta e a Secretaria da Fazenda (Sefaz), que relatam, ainda, um crescimento de 15% na arrecadação do setor em comparação com 2019, totalizando R$ 2,22 bilhões - ao todo, o Estado conseguiu arrecadar R$ 12 bilhões.

 

Segundo Idalberto Moro, presidente da entidade que representa o segmento, o Sincades, os dados são reflexo do trabalho desenvolvido pelas empresas atacadistas e distribuidoras capixabas e da importância que elas desempenham para a economia e para a geração de emprego e renda no Espírito Santo e em todo o país. 

 

“Nós representamos 34 segmentos econômicos, entre alimentos, medicamentos, autopeças, material de construção, vestuário e armarinho, e outros. Em 2020 tivemos um ano desafiador por conta da pandemia, mas nos empenhamos em não deixar nenhum produto faltar na casa do capixaba. O resultado de todo esse esforço está aí”, explica Idalberto.  

 

Investimentos nas empresas também contribuíram para destaque em arrecadação

 

Ainda de acordo com o presidente do Sincades, algo que também contribuiu para o setor ser líder em arrecadação no Estado foi o fato de que muitas empresas continuaram a investir no seu crescimento em 2020.  

 

Uma pesquisa encomendada pela entidade revelou que 62% das empresas respondentes fizeram investimentos de forma total ou parcial de acordo com que havia sido planejado para o ano. 

 

“Além disso, também tivemos 51% das empresas respondentes com estabilidade ou aumento no faturamento de 2020”, completa. 

 

Expectativas para a arrecadação em 2021

 

Para Idalberto Moro, as expectativas para a arrecadação deste ano são positivas, mas será necessária a união de todos e o acompanhamento do calendário de vacinação no país. 

 

O Sincades, inclusive, é um dos apoiadores do movimento empresarial Unidos pela Vacina, que tem a expectativa de acelerar a vacinação contra a COVID-19 no país através do apoio ao SUS e do fortalecimento da logística envolvida no calendário de vacinação. 

 

“Cada minuto é muito precioso durante esse momento delicado que ainda passamos. Mas estamos na expectativa da retomada e na certeza de que sairemos bem disso tudo se nos unirmos”, conclui.