Carregando...

Notícias

17/07/2018

Sincades participa de Comitê de Fundo de Incentivo à Inovação

Para desenvolver e aquecer o mercado capixaba, além de gerar emprego e aumento do PIB, o Governo do Estado lançou, nesta quarta-feira (11), a Mobilização Capixaba pela Inovação e o Fundo Capixaba de Inovação. O programa conta com a parceria do setor produtivo, formado por um comitê que avaliará os projetos a serem financiados pelo Governo, assim como o andamento e resultados dos trabalhos. 


O comitê será coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes) e terá representantes do Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor do Estado do Espírito Santo (Sincades), das secretarias estaduais de Agricultura (Seag) e de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), da Findes, do Espírito Santo em Ação, da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), e da Universidade de Vila Velha (UVV). O chamado Comitê Diretivo tem o intuito de traçar estratégias e planejamentos, que direcionará e acompanhará as linhas de projetos aprovados.

 

Sobre o Fundo Capixaba de Inovação


O Fundo Capixaba de Inovação tem o financiamento de cerca de R$ 80 milhões e visa investir na pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo Capixaba. A fim de que o Estado seja um local ainda mais atrativo dos negócios, o fundo contará com a cooperação da Mobilização Capixaba pela Inovação, que tem o intuito de atrair os olhos do mercado para o Espírito Santo. A união de instituições públicas e privadas irá discutir e desenvolver planejamentos e ações que estimulem a inovação no Espírito Santo.

 

O recurso para os projetos de inovação e tecnologia já dispõe de aproximadamente R$ 80 milhões para investimentos. O financiamento, feito pelo Governo do Estado, faz parte do Fundo Estadual de Ciência e Tecnologia, que usará recursos das empresas adeptas aos programas de incentivo do Governo.


Durante o evento de lançamento na quarta-feira (11), o governador Paulo Hartung destacou que, no atual contexto de crise financeira do país, o Movimento Capixaba de Inovação é iniciado com recursos já separados para serem aplicados em projetos de inovação. “É um momento muito importante. Feliz por conseguir um alto nível de cooperação e chegarmos no atual estágio. Agora vai acontecer. O entusiasmo tem que ser dobrado porque estamos começando um movimento com recursos em caixa e separados para serem investidos em inovação. A sociedade tem seus interesses que são maiores que todos nós. Ao invés de competir, precisamos estar conectados e atender aos anseios e necessidades da sociedade”, comentou o governador.

 

O secretário estadual de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo, ressaltou a importância da Mobilização e do Fundo Capixaba para a economia do Estado. “A inovação é fundamental para a competitividade das nossas empresas, vai criar oportunidades para os capixabas, vai estimular novos negócios. E essa iniciativa vai complementar as ações que já estamos desenvolvendo para melhorar o ambiente de negócios do Espírito Santo e estimular o empreendedorismo”, afirmou.


Para enviar propostas e de inovação, as empresas interessadas devem ficar atentas aos editais que serão publicados pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).


*Com informações e foto do Governo do Estado.